?> Mais que uma empresa: a Barralcool impacta vidas Ler Mais">

Mais que uma empresa: a Barralcool impacta vidas

Por Jorge Figueiredo
em 17 de dezembro de 2019 às 10:27


“Das recordações que tenho da minha infância, o Grupo Barralcool está em boa parte delas”, com esta frase, Deiveson Jonas de S. Neves, engenheiro de produção selecionado pelo programa trainee, começa o seu relato de como a usina impactou positivamente em sua vida e nas suas escolhas. “Poucos sabem, mas esta empresa influenciou a vida de toda a minha família”.


“Desde muito cedo tenho admiração pela Barralcool. Um pouco se deve ao fato do meu pai ter trabalhado vários anos aqui, como lubrificador agrícola” recorda o jovem barrabugrense de 24 anos. “Todas as vezes que ele vinha abastecer aqui na usina, eu o acompanhava e ficava imaginando como seria trabalhar na indústria”.


“No caminho, sempre o questionava como era fazer parte da empresa. E ele sempre me dizia: Filho estude, para que um dia você tenha uma boa oportunidade por aqui” lembra Deiveson. “Por falar em estudo, me recordo que eu e meu irmão sempre utilizávamos o material escolar disponibilizado pela usina”.


A relação da família Neves com a Barralcool se estreitou ainda mais, quando o irmão mais novo de Deiveson, Euller Souza das Neves, foi selecionado para participar do Projeto Doce Vida. “A associação foi um divisor de águas lá em casa. O Euller, tem um problema sério de visão, e o projeto desde o início prestou a ele total assistência, acompanhando-o desde as consultas até a doação dos óculos” relata.


“A associação impactou profundamente em sua vida. Hoje o Euller está com 21 anos, e curso que escolheu, o seu gosto pela leitura, pelo teatro, arte, cultura, tudo foi por influência do Projeto. Por falar em leitura, na minha família criamos o hábito da ler graças ao Doce Vida. Meu irmão levava livros para casa e lá líamos todos juntos” salienta.


“Quando entrei na faculdade, através de uma visita técnica, pude enfim realizar o meu sonho de conhecer a indústria. Foi um verdadeiro resgate, lembrei-me de todas as vezes que ficava observando e imaginado como era aqui por dentro. Confesso que nesse dia aumentou ainda mais o meu desejo de trabalhar aqui, por dois motivos: por sempre admirar a Barralcool e por tudo que fez pela minha família e, também, pelo que ela faz pela nossa cidade”.


“A oportunidade surgiu quando tomei conhecimento sobre o curso de aprendizagem que a empresa estaria disponibilizando em parceria com o Senai. Apesar de nessa época estar em meu último semestre da faculdade, vi nela a possibilidade de entrar no mercado de trabalho” explica Deiveson, que antes de ser selecionado pelo Programa Trainee havia participado do Curso de Aprendizagem.


“Já aqui dentro, fazendo parte da aprendizagem, o que me impressionou muito foi qualidade da empresa e o seu nível de excelência” destaca. “Agora, como trainee, um novo desafio foi lançado, hoje me encontro dentro do processo, e tenho como responsabilidade a busca pela melhoria contínua, e digo a vocês: – Eu aceito o desafio!”.