?> Uniformes e Adornos: Uma questão de segurança nas atividades operacionais Ler Mais">

Uniformes e Adornos: Uma questão de segurança nas atividades operacionais

Por Jorge Figueiredo
em 22 de janeiro de 2013 às 7:02


Em todo o período de entressafra as usinas sucroalcooleiras priorizam a manutenção dos seus equipamentos, que durante vários meses trabalharam intensamente sem pausa, moendo em um processo contínuo de 24 horas de produção. Máquinas e acessórios passam por uma intensa etapa de manutenção para evitar imprevistos durante o decorrer da próxima safra.

Um fator estratégico neste segmento é a qualidade na realização destes serviços, pois os equipamentos devem estar prontos para que durante a safra possam trabalhar sete meses quase sem descanso. E para isto é imprescindível o trabalho em equipe, com cada colaborador desempenhando seu papel da melhor maneira possível.
Seguindo algumas dicas para a boa execução das atividades de manutenção, focando sempre na segurança o colaborador que é peça fundamental para indicar mudanças e melhorias no processo pode encontrar situações de riscos que são controladas pelas normas de Segurança.

Para garantir o desempenho da função com segurança foi proibido no Grupo Barralcool o uso da camisa de uniforme para fora da calça e dos jalecos abertos, assim como a utilização de adornos nas atividades que correm o risco de “agarramento”.

Até algumas adaptações nos uniformes já serão realizadas neste ano; com aumento no comprimento das camisas, proteções dos botões e calças com passantes para cintos e cordões internos. Segundo o gerente responsável pelo departamento de segurança do Grupo Barralcool Newton Granja, estas indicações já são realizadas a várias safras, mas neste inicio de ano o Grupo definiu realizar uma campanha com auxilio de murais, DDS (dialogo diário de segurança) e informativos, pois existe o trabalho da entressafra e o risco neste período é proporcionado pelos auxílios dos colaboradores à outros setores. “Temos o DDS diariamente realizado pelos coordenadores e líderes das áreas e é neste momento que são abordados estes temas de segurança como a utilização correta dos uniformes e Epi’s, evitando assim os acidentes ocasionados por máquinas, equipamentos e ferramentas com partes móveis utilizadas no trabalho, portanto é fundamental tomar os cuidados adequados para cada tarefa desempenhada” explica o gerente.

Várias lesões acontecem quando alianças, correntes, pulseiras entre outros se enroscam em superfícies salientes, podendo ocasionar ferimentos e até amputações. Engrenagens, correias, eixos, placas ou qualquer ferramenta rotativa, pode puxar, prender e enroscar em um desses objetos. Newton pontua que além da segurança habitual o Grupo conta com as normas certificadoras ISO 9001 e a ISO FSSC PAS -22000, onde o uso de adornos na área de fabricação alimentícia é também terminantemente proibida.

Atenção colaborador Barralcool: Antes de iniciar suas atividades retire qualquer adorno que esteja utilizando, assim como abotoe todos os botões do seu jaleco e não esqueça que a camisa do uniforme deverá estar para dentro da calça. Leve estes princípios também para suas tarefas domésticas, onde o número de acidentes igualmente é alto.

Por isso, o uso de pulseiras, alianças, relógios, anéis, correntes, brincos e piercings, entre outros não são permitidos nas áreas agrícola e industrial, independente do cargo do colaborador. Colabore e nos ajude a prevenir acidentes dentro do nosso trabalho.