O presidente do Grupo Barralcool, Agostinho Sansão foi um dos dois industriais que receberam nesta semana a Ordem do Mérito Amazônico Danilo Remor, concedida durante as comemorações dos 30 anos da Ação Pró-Amazônia – associação formada pelas federações de indústrias dos nove estados da Amazônia Legal – Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.


A Ação Pró-Amazônia é uma associação sem fins lucrativos criada em 26 de novembro de 1991, cujo objetivo principal é promover a integração de suas federações em busca do desenvolvimento socioeconômico da região.

A associação executa estratégias de ação dos setores da indústria com a finalidade de estimular o desenvolvimento da Amazônia sempre em busca de oportunidades para novos investimentos na região. A Ordem do Mérito Amazônico Danilo Remor, criada em 1995, premia personalidades e instituições, nacionais ou estrangeiras, civis, militares ou eclesiásticas, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados em prol do desenvolvimento, do bem-estar social e da divulgação do parque industrial da região amazônica.

O presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira, destacou a importância de celebrar a atuação de grandes industriais brasileiros. “Os homenageados de Mato Grosso são industriais que iniciaram com seus próprios esforços, começaram a trabalhar muito cedo e contribuíram muito com o crescimento do estado. São homenagens mais do que merecidas”, afirma.

A cerimônia foi realizada na noite de segunda-feira (29/11), na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em Brasília/DF.

Homenageados

Agostinho Sansão

Agostinho Sansão nasceu em 14 de junho de 1944 na cidade de Ibirá, interior do estado de São Paulo.

Filho de Ticiano Sansão e Josefina Galero, perdeu o pai muito cedo e foi criado pela mãe que o ensinou a importância do trabalho na vida de um homem. Casado há 57 anos com Hermínia Caetano Sansão é pai de quatro filhos: Luís, Ticiano, Sidney e Nilton Cesar. Começou a trabalhar na lavoura com 12 anos de idade, o que o tornou esse grande homem do agronegócio que é hoje em dia.

Determinado e trabalhador, chegou a Mato Grosso em 1965, vindo fixar residência no município de Barra do Bugres. Confiando na sua força de trabalho e nas condições de crescimento que o estado oferecia, firmou-se como comerciante no ramo de cereais e beneficiamento de arroz.

Quando em 1981 foi fundada a Usina de açúcar e álcool – BARRALCOOL, novamente destacou-se a visão empresarial do grande empreendedor, que juntamente com sua família e associado a diversos produtores rurais realizaram o sonho de fundar uma destilaria de álcool e açúcar no Município de Barra do Bugres, gerando riquezas, recursos e, principalmente, empregos para Mato Grosso. Sócio fundador da empresa ocupa hoje, o cargo de diretor Presidente do Grupo Barralcool.

De personalidade serena e de uma competência singular, também se dedicou ao município de Barra do Bugres como Prefeito por duas vezes (1983/88 e 1993/96), contribuindo com melhores dias para o povo de maneira decisiva e vigorosa principalmente para o desenvolvimento da cidade.

Jandir José Milan

Jandir José Milan nasceu em Concórdia, Santa Catarina, e trabalhou desde menino com a família, que atuava no setor madeireiro. Cursou Engenharia Agronômica e Engenharia de Operações. Em 1980, já casado, após uma visita a Mato Grosso, viu em Cuiabá a oportunidade para construir o futuro da família. Pioneiro no Distrito Industrial da capital, Jandir e Tânia, sua esposa, iniciaram a fábrica de móveis de madeira, que cresceu e é hoje uma indústria moderna, digital e automatizada.

Ao longo desse processo, se tornou sócio de uma empresa de tecnologia, também referência na área. Foi eleito diretor da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) em 1994, continuando na diretoria até 2003, quando foi eleito vice-presidente. Em 2006 e em 2009, foi eleito primeiro vice-presidente da federação. Em 2012 e 2015, foi eleito e reeleito presidente do Sistema Fiemt. À frente da instituição, foi o responsável pela implantação do Projeto Multiação e realizou dezenas de edições com mais de 500 mil atendimentos nas mais diversas áreas. Atualmente é presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-MT, conselheiro fiscal, conselheiro emérito da FIEMT e vice-presidente da CNI desde 2014. Foi presidente da Ação Pró-Amazônia, conselheiro titular do Conselho de Representantes da Ação Pró-Amazônia (2010 a 2018), delegado representante do Sistema Fiemt junto à CNI entre 2006/2018. Presidiu o Movimento Mato Grosso Competitivo (2018-2020), além de colecionar diversas homenagens e títulos.